Sindicato usa R$ 3 milhões do direito de arena de atletas para bancar atividades



O Sindicato de Atletas Profissionais de São Paulo (Sapesp) conta com o dinheiro do direito de arena que deveria ser repassado a jogadores para bancar suas atividades em 2017. Segundo proposta orçamentária da entidade aprovada para este ano, do total de R$ 6,4 milhões em receitas previstas, R$ 3 milhões (47% do total) tem como origem “Direito de Arena”, conforme descrito no documento. A segunda maior fonte de receita é “Renda sem Aplicações Financeiras” com R$ 1,5 milhão.

Ainda de acordo com o orçamento do Sapesp para 2017, a previsão de despesas prevê mais de R$ 1 milhão com “Pessoal e Encargos Trabalhistas e Sociais”. Outro R$ 1,1 milhão refere-se apenas a “Representação”.

Questionado sobre orçamento da entidade para este ano, o presidente do Sindicato, Rinaldo Martorelli, afirmou apenas que “essas questões são demonstradas pelo contador e discutidos em assembleia”.



MaisRecentes

No Dia do Professor, COB abre inscrições para curso de iniciação esportiva



Continue Lendo

Mau desempenho do time afeta Maurício Galiotte no comando do Palmeiras



Continue Lendo

Possibilidade de apoio de Euriquinho gera desconforto no grupo Sempre Vasco



Continue Lendo