Sindicato cria norma para repassar direito de arena a atletas em até 5 anos



O Sindicato de Atletas Profissionais de São Paulo (Sapesp) criou uma norma que prescreve em até 5 anos o prazo para os jogadores de futebol retirarem valores referentes ao direito de arena pagos pelas emissoras pelos direitos de transmissão. Na avaliação de especialistas da área jurídica, entretanto, a regra viola a Constituição Federal por não estabelecer prazo para a solicitação de um direito “personalíssimo”. Além disso, a entidade teria a responsabilidade de procurar o atleta para fazer o pagamento de seu direito.

A norma foi criada em Assembleia Geral realizada em novembro de 2016. A reunião, entretanto, não ocorreu na sede do Sindicato mas sim no A.E. Mooquem, clube que a entidade mantém na capital paulista para ser utilizado por atletas que estão sem clube.

Questionado sobre o assunto, o presidente do Sapesp, Rinaldo Martorelli, afirmou que a regra visa “evitar intermediação que prejudique os atletas”.



MaisRecentes

Governo admite que errou em MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Sem resposta de Zé Ricardo, Milton Mendes entra no radar do Botafogo



Continue Lendo

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo