Flamengo projeta receita de mais de R$ 40 milhões com sócio-torcedor em 2017



O Flamengo não crê que a eliminação da Libertadores irá afastar o torcedor dos jogos do clube e prega um aumento de 50% na receita de ano com o programa de sócios Nação Rubro-Negra. O orçamento aprovado pelo clube prevê uma verba de R$ 38,5 milhões, mas a diretoria já aponta um valor maior.

“Devemos passar dos R$ 40 milhões e vamos bater isso”, aponta Claudio Pracownik, vice-presidente de finanças do Flamengo, que no ano passado obteve R$ 26,5 milhões em receita com o programa Nação Rubro-Negra.

A alta na receita com sócio-torcedor deve-se à expansão do programa Nação Rubro-Negra e a expectativa do clube mantê-lo com cerca de 100 mil associados, seu número atual. No ano passado, por exemplo, o Flamengo iniciou a temporada com 65 mil sócios filiados, total que saltou para mais de 75 mil em dezembro após a equipe ter brigado pelo título Brasileiro.



MaisRecentes

À espera de decisão da Justiça sobre eleição, oposição se movimenta no Vasco



Continue Lendo

Instituto Guga Kuerten consegue captar doações via ‘Clube do Patrocínio’



Continue Lendo

Grupos respeitam luto por Eurico, mas rearrumação política está em curso



Continue Lendo