Dirigentes brasileiros vão pressionar presidente da Conmebol em reunião na CBF



O presidente da Conmebol, Alejandro Dominguez, estará na sede da CBF, na próxima segunda-feira, e irá se reunir com os presidentes dos clubes brasileiros que estão na Libertadores. O dirigente irá ouvir muitas reclamações já que será o primeiro encontro após as punições da entidade ao Palmeiras por conta da confusão no jogo contra o Peñarol, no Uruguai.

Apesar da punição, não é só o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, que anda irritado com as decisões da Conmebol. Antes da reunião na CBF ser agendada, o presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, havia dito à coluna que o evento do sorteio das oitavas de final da Libertadores, no início de junho, também seria para “fazer política”.

Até mesmo o presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, que é membro do Comitê Executivo da Conmebol, também não concordou com as decisões da entidade. Na reunião na CBF, da qual estará presente, Bastos reforçará o coro dos dirigentes brasileiros.



MaisRecentes

Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro está dividida sobre o Everest



Continue Lendo

Diretoria do Vasco usa embargos na Justiça para que caso “HD do Vasco” não termine logo



Continue Lendo

Vitória de Galiotte e Leila Pereira no Conselho Deliberativo gera desconfiança no Palmeiras



Continue Lendo