Complicou! Conmebol enviou punição de zagueiro da Chape em 10 de maio




O prognóstico para o futuro da Chapecoense na Libertadores não é animador. A De Prima apurou que a Conmebol enviou no dia 10 de maio o comunicado sobre a suspensão do zagueiro Luiz Otávio por três partidas. CBF e Federação Catarinense, por exemplo, estavam notificadas sobre a decisão do Tribunal Disciplinar.

A informação da punição é enviada por e-mail às partes envolvidas, inclusive clubes. A CBF reforçou o comunicado, repassando no mesmo dia 10 à Federação Catarinense para que notificasse o clube. O grande mistério, que ainda será apurado internamente, é o motivo do desconhecimento do gancho por parte dos dirigentes do time catarinense.

Diante disso, torna-se improvável que a Chape não seja punida com a perda dos pontos conquistados diante do Lanús, que fez uma reclamação formal à Conmebol.

O artigo 23 do Código Disciplinar da Conmebol prevê que, em caso de escalação irregular de um jogador, o placar da partida em questão deve ser fixado em 3 a 0 para o time adversário.



MaisRecentes

Volta Redonda é o único clube do RJ a não publicar balancete. Dirigente promete números nesta quinta-feira



Continue Lendo

Ricardo Rocha lança canal de análises e entrevistas no YouTube



Continue Lendo

Dirigente tem a missão de transformar a Inter de Limeira em clube-empresa



Continue Lendo