Confederação de Atletismo perde R$ 30 milhões no patrocínio da Caixa



A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) anuncia na próxima sexta-feira a renovação de seu patrocínio com a Caixa Econômica Federal. O contrato será até o fim dos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

Mas apesar da manutenção do vínculo, a entidade receberá um valor bem menor que no último ciclo olímpico, passando dos R$ 90 milhões para R$ 60 milhões, uma redução de mais de 33%.



MaisRecentes

Agência irá recorrer de decisão que tirou campanha do Flamengo do ar



Continue Lendo

CBF manda representante para Salvador para acompanhar arbitragem da final da Copa do Nordeste



Continue Lendo

Sindicato cria norma para repassar direito de arena a atletas em até 5 anos



Continue Lendo