Com eliminação na Libertadores, Flamengo perde, de cara, R$ 2,3 milhões



Guerrero não joga mais a Liberta em 2017 (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Guerrero não joga mais a Liberta em 2017 (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Com a eliminação na fase de grupos da Libertadores, o Flamengo perde, logo de cara e sem contar a verba de bilheteria, US$ 750 mil (R$ 2,3 milhões). O valor é referente à cota de participação paga pela Conmebol nas oitavas de final da competição sul-americana.

Na fase de grupos, o Fla embolsou US$ 1,8 milhão (R$ 5,5 milhões) em cotas. São US$ 600 mil por mando.

Além disso, o Fla conseguiu encher o Maracanã nos três jogos como mandante, teve receita líquida na casa de R$ 2,4 milhões, e não terá mais a chance de obter esse tipo de receita na competição continental.

Como ficou em terceiro no grupo, o Flamengo ainda vai disputar a Sul-Americana em 2017.



MaisRecentes

Evento em Paris vai debater questão do clube-empresa no futebol brasileiro



Continue Lendo

Grupos políticos do Vasco pedem fim de gasto extra em viagens



Continue Lendo

Rubens Lopes, presidente da Ferj, vê problema em fluxo de pagamento de cotas de TV aos clubes



Continue Lendo