Na Seleção de base do Brasil, tinha jogador que não sabia quem é Zagallo




Técnico da Seleção sub-17 do Brasil, Carlos Amadeu (que vai treinar interinamente a sub-20 em Toulon) relatou uma situação inusitada em uma convocação passada. Defendendo a necessidade de medidas que façam os garotos terem conhecimento histórico sobre o scratch canarinho, ele revelou que em determinada ocasião nenhum jogador soube dizer quem é Zagallo. Mas Amadeu não crucificou os garotos: “Eles são vítimas de um processo de falta de falta de informação”

Amadeu ainda contou outro episódio: desconhecimento sobre quem fez os dois gols do Brasil na final da Copa de 2002, contra a Alemanha (Ronaldo Fenômeno). O treinador, por outro lado, valorizou a capacidade de compreensão sobre o jogo dos garotos, exemplificando os exercícios e análises passadas via Whatsapp. “Às vezes a gente trata o nosso atleta como burro. Basta estimular, que eles respondem de forma positiva”.



MaisRecentes

Pela primeira vez, desde que assumiu a CBF, Rogério Caboclo participará de um programa ao vivo



Continue Lendo

Santos e FPF se unem em campanha por apoio ao futebol feminino no Brasil



Continue Lendo

Jogos da Série B1 do Carioca terão transmissão pela tv a cabo



Continue Lendo