Na Seleção de base do Brasil, tinha jogador que não sabia quem é Zagallo




Técnico da Seleção sub-17 do Brasil, Carlos Amadeu (que vai treinar interinamente a sub-20 em Toulon) relatou uma situação inusitada em uma convocação passada. Defendendo a necessidade de medidas que façam os garotos terem conhecimento histórico sobre o scratch canarinho, ele revelou que em determinada ocasião nenhum jogador soube dizer quem é Zagallo. Mas Amadeu não crucificou os garotos: “Eles são vítimas de um processo de falta de falta de informação”

Amadeu ainda contou outro episódio: desconhecimento sobre quem fez os dois gols do Brasil na final da Copa de 2002, contra a Alemanha (Ronaldo Fenômeno). O treinador, por outro lado, valorizou a capacidade de compreensão sobre o jogo dos garotos, exemplificando os exercícios e análises passadas via Whatsapp. “Às vezes a gente trata o nosso atleta como burro. Basta estimular, que eles respondem de forma positiva”.



MaisRecentes

Conselheiros do Palmeiras cobram diretor de futebol Alexandre Mattos



Continue Lendo

No Dia do Professor, COB abre inscrições para curso de iniciação esportiva



Continue Lendo

Mau desempenho do time afeta Maurício Galiotte no comando do Palmeiras



Continue Lendo