Ferj tem o maior superávit no Top-10 de federações estaduais



Rubens Lopes, presidente da Ferj (FOTO: Paulo Sérgio)

Rubens Lopes, presidente da Ferj (FOTO: Paulo Sérgio)

A Federação de Futebol do Rio teve o maior superávit entre as entidades que fazem parte do Top-10 do Ranking da CBF de federações estaduais. A Ferj, que é a segunda colocada da relação nacional, fechou 2016 com o saldo positivo de R$ 8,4 milhões. A Federação Pernambucana teve o segundo melhor resultado financeiro (R$ 2,3 milhões). A Federação Mineira completou o pódio, com um superávit de R$ 282 mil. Líder do ranking da CBF, a Federação Paulista teve um déficit de R$ 6,6 milhões.

Em um ano marcado por crise econômica, metade das federações que estão no Top-10 da CBF fechou 2016 no vermelho. A situação mais grave é a da Federação Gaúcha, que teve um déficit de R$ 19 milhões.

BALANÇO-2016 DAS FEDERAÇÕES TOP-10
Superávit/Déficit* Ranking CBF
Federação do Rio 8.494 2
Federação Pernambucana 2.302 7
Federação Mineira 282 3
Federação Catarinense 28,2 5
Federação Cearense 9,9 10
Federação Bahiana -123,3 9
Federação Paranaense -184,8 6
Federação Goiana -227,2 8
Federação Paulista -6653 1
Federação Gaúcha -19.524 4
*Em milhares de R$


MaisRecentes

Valorizado após a Copa do Mundo, Fágner tem proposta do Napoli-ITA



Continue Lendo

Fora de painel com ídolos em São Januário, Pedrinho deve entrar na próxima expansão



Continue Lendo

Neymar é o alvo do Real Madrid para o lugar de Cristiano Ronaldo, revela jornalista espanhol



Continue Lendo