CBF aumenta gasto com federações e com as quatro Séries do Brasileiro



Marcelo Campos Pinto ao lado de Marco Polo Del Nero (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

O montante destinado pela CBF às federações estaduais subiu de 2015 para 2016, segundo o balanço da entidade. Se em 2015 o item “contribuição ao fomento do futebol nos estados” ficou em R$ 19,5 milhões, o gasto subiu para R$ 26,3 milhões em 2016. Os pagamentos mensais ficam na casa dos R$ 75 mil para cada uma das 27 filiadas.

Mas a CBF também gastou mais com as competições. Todas as quatro divisões do Brasileirão tiveram mais investimentos, custando, em 2016, R$ 67,3 milhões. Em 2015, as Séries demandaram um gasto de R$ 55,3 milhões. Somente na Série A, o montante passou de R$ 719 mil para R$ 3,8 milhões, de um ano para o outro. A Série D é a que gera mais custo, ficando em R$ 33 milhões.



  • Bira Fogão

    A CBF é somente mais uma dessas Instituições que nos envergonham.
    Os paulistas tanto fizeram que conseguiram se apossar dela. Tudo com a conivência e colaboração da imprensa esportiva de S. Paulo. Não se fala mais das mazelas da CBF em S. Paulo. Só falta ela mudar de Barra. Sair da Barra da Tijuca para a Barra Funda.

  • ALESSANDRO MOTTA

    CBF fazendo agrado á aqueles que se vendem para manter esse safado do Del Nero no poder.realmente clubes de são paulo são coniventes com esse cara!!! não aparece um maluco pra tirar esse cara da CBF.

MaisRecentes

CBF começa treinar instrutores para curso do árbitro de vídeo



Continue Lendo

Se estrear na próxima rodada, árbitro de vídeo não será para todos os jogos da Série A



Continue Lendo

Licenciamento vira argumento de CBF e clubes para minimizar liminar contra exigência de CND



Continue Lendo