CBF descarta brecha na regra que veta venda de mando no Brasileirão



Maracanã (Foto: Staff Images)

Maracanã pode ser mais usado na Série A (Foto: Staff Images)

A CBF já descartou internamente qualquer adendo ao regulamento do Brasileirão para permitir que Flamengo e Fluminense mandem jogos fora do estado de origem, contornando a proibição decidida no conselho técnico da Série A.

Em reunião com clubes, Fla e Flu até conseguiram a simpatia dos pares para retroceder no novo item do regulamento, houve até um movimento de colheita de assinaturas, mas o tempo passou e o prazo legal para alterações do texto – 45 dias antes do início da competição – já expirou.

Assim, a CBF não quer colocar a Série A em um contexto de insegurança jurídica por causa de uma eventual ação na Justiça Comum.



MaisRecentes

Pela primeira vez, desde que assumiu a CBF, Rogério Caboclo participará de um programa ao vivo



Continue Lendo

Santos e FPF se unem em campanha por apoio ao futebol feminino no Brasil



Continue Lendo

Jogos da Série B1 do Carioca terão transmissão pela tv a cabo



Continue Lendo