CBF descarta brecha na regra que veta venda de mando no Brasileirão



Maracanã (Foto: Staff Images)

Maracanã pode ser mais usado na Série A (Foto: Staff Images)

A CBF já descartou internamente qualquer adendo ao regulamento do Brasileirão para permitir que Flamengo e Fluminense mandem jogos fora do estado de origem, contornando a proibição decidida no conselho técnico da Série A.

Em reunião com clubes, Fla e Flu até conseguiram a simpatia dos pares para retroceder no novo item do regulamento, houve até um movimento de colheita de assinaturas, mas o tempo passou e o prazo legal para alterações do texto – 45 dias antes do início da competição – já expirou.

Assim, a CBF não quer colocar a Série A em um contexto de insegurança jurídica por causa de uma eventual ação na Justiça Comum.



MaisRecentes

Jogadores do Palmeiras receberam ‘mala branca’ do Boca Juniors para vencer na Libertadores



Continue Lendo

Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro está dividida sobre o Everest



Continue Lendo

Diretoria do Vasco usa embargos na Justiça para que caso “HD do Vasco” não termine logo



Continue Lendo