Corinthians tem prejuízo de R$ 100 mil por cadeiras quebradas contra La U



A briga entre os torcedores chilenos e policiais militares durante o jogo entre Corinthians e Universidad de Chile pela Copa Sul-Americana rendeu um prejuízo de quase R$ 100 mil ao clube paulista por conta das cadeiras e bilheteria que foram quebradas na Arena Corinthians. Mas segundo o presidente corintiano, Roberto de Andrade, o clube chileno irá arcar com os custos.

– Eles me ligaram no dia seguinte se colocando à disposição para pagar os danos que será em torno de R$ 96 mil. Está tudo certo – comentou o dirigente.

Na partida entre Corinthians e Universidad de Chile, os torcedores chilenos quebraram várias cadeiras para atirar contra os policiais. Por conta da confusão, 26 pessoas foram presas, sendo que duas foram liberadas no dia seguinte. O restante teve que pagar fiança e foram proibidos de deixar o país antes do fim do processo.



MaisRecentes

Bittencourt é o primeiro presidente do Fluminense a apresentar dirigentes da base em Xerém



Continue Lendo

Pela primeira vez, desde que assumiu a CBF, Rogério Caboclo participará de um programa ao vivo



Continue Lendo

Santos e FPF se unem em campanha por apoio ao futebol feminino no Brasil



Continue Lendo