Clubes debatem estatuto da CBF e falam em discutir questões em conjunto



Uma reunião com representantes de seis clubes da Série A do Brasileirão, nesta sexta-feira, em São Paulo, teve na pauta o novo estatuto da CBF que manteve o poder nas federações apesar da inclusão das equipes da Segundona no colégio eleitoral da entidade. No encontro, estiveram presentes representantes de Flamengo, Fluminense, Atlético-PR, Coritiba, Atlético-MG e Bahia. Apesar de a reunião ter ocorrido na capital paulista, nenhum dirigente dos clubes de São Paulo participaram da reunião

– A reunião foi boa, gostaríamos de ter mais clubes presentes. Um dos temas discutidos foi a questão do estatuto da CBF – comentou o presidente do Bahia, Marcelo Sant’Ana.

Na semana passada, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, afirmou que a manutenção do poder nas federações “não é o espírito do Profut” e que “a maneira mais democrática de se estabelecer o poder nas federações e na CBF seria dar poder aos clubes que representam os torcedores”.

No encontro desta sexta, os dirigentes ainda debateram a iniciativa de debaterem em conjunto assuntos em comum aos clubes, como calendário, cotas de TV, convocação de jogadores, transferências e mandar jogos em outros estados, o que foi proibido no novo regulamento de competições.

– O objetivo central é esse, de criar uma rotina – comentou Sant’Ana.



MaisRecentes

Fernanda Colombo deixa a arbitragem, lança livro e quer ser comentarista



Continue Lendo

Audiência pública promete pressionar políticos contra MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Técnico brasileiro Milton Mendes renova mais alta licença da Uefa para técnicos



Continue Lendo