CBF e Samsung tentam acordo



Em litígio desde o ano passado, CBF e Samsung decidiram que vão tentar um acordo para dissolução mais “amigável” do contrato de patrocínio. O assunto foi parar no Tribunal de Justiça do Rio e as partes, inclusive, tiveram uma audiência de conciliação há duas semanas.

Os valores exigidos por cada um dos lados está ficando mais próximo e, por conta disso, é que a tentativa de acordo passou a ser a realidade.

Inicialmente, a Samsung chegou a depositar em juízo R$ 8 milhões e esperava que a CBF aceitasse como valor suficiente pelo rompimento. O contrato com a Samsung iria até 2018.



MaisRecentes

Romário quer que presidente de órgão do legado olímpico passe por sabatina no Senado



Continue Lendo

COB mantém uniformes da Nike mesmo sem contrato



Continue Lendo

Clubes citam preocupação com uso de vídeo sem testes na Libertadores



Continue Lendo