CBF e Samsung tentam acordo



Em litígio desde o ano passado, CBF e Samsung decidiram que vão tentar um acordo para dissolução mais “amigável” do contrato de patrocínio. O assunto foi parar no Tribunal de Justiça do Rio e as partes, inclusive, tiveram uma audiência de conciliação há duas semanas.

Os valores exigidos por cada um dos lados está ficando mais próximo e, por conta disso, é que a tentativa de acordo passou a ser a realidade.

Inicialmente, a Samsung chegou a depositar em juízo R$ 8 milhões e esperava que a CBF aceitasse como valor suficiente pelo rompimento. O contrato com a Samsung iria até 2018.



MaisRecentes

Procurador do STJD não vê brecha para futura reclamação por causa do árbitro de vídeo



Continue Lendo

Eurico exalta árbitro de vídeo no Brasileiro: ‘Antes tarde do que nunca’



Continue Lendo

Del Nero exige que Brasileirão tenha árbitro de vídeo na próxima rodada



Continue Lendo