CBF vai ampliar colégio eleitoral e número de vices



Marco Polo Del Nero (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Marco Polo Del Nero preside a CBF (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

A CBF vai colocar em votação nesta quinta-feira, em assembleia com as federações na sede da entidade, o novo estatuto. O documento, formulado após longa discussão pelo Comitê de Reformas da entidade, trará, entre outros itens novos, a inclusão dos clubes da Série B no colégio eleitoral da CBF. A alteração atende à modificação na Lei Pelé trazida pelo Profut. Além disso, o estatuto prevê o aumento do número de vice-presidentes da CBF, saltando de cinco para oito.

Vale lembrar que a eleição do Coronel Nunes como vice da CBF já foi feita com colégio eleitoral aumentado, porque a lei já estava em vigor. Mas ainda restava o acerto no estatuto.

Vários presidentes de federação passaram a quarta-feira na sede da CBF para tomar conhecimento do novo estatuto, que vai para votação a partir das 11h. A proposta foi explicar ao máximo, para que não fosse dada a desculpa de que o texto foi empurrado “goela abaixo” das entidades. Alguns ficaram preocupados com a mudança no colégio eleitoral. Outros acham desnecessário tantos vices.



MaisRecentes

Oposição se enfurece com Bandeira de Mello e pode pedir a sua exclusão do Flamengo



Continue Lendo

Luiz Felipe Scolari pode ter contrato estendido até 2022 e depois virar manager



Continue Lendo

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo