Jogos do Paulistão não serão mais paralisados por causa de sinalizadores



Sinalizadores acesos pelas torcidas não irão mais paralisar as partidas do Campeonato Paulista. Desde 2013, os árbitros foram orientados a interromper os jogos quando os artefatos eram acesos nos estádios por conta de uma resolução aprovada após a morte do garoto boliviano Kevin Espada em jogo do Corinthians contra o San José, pela Libertadores, em Oruro, na Bolívia.

Nesta sexta-feira, o Tribunal de Justiça Deportiva de São Paulo (TJD-SP) decidiu derrubar a resolução com a orientação de paralisar a partida apenas quando houver prejuízo à visibilidade por causa da fumaça. Segundo apurou a coluna, o órgão entendeu que a interrupção da partida prejudicava o evento.

Mesmo não interrompendo a partida, o árbitro terá que relatar o fato na súmula do jogo e enviar para o TJD-SP. Apesar de aprovada nesta sexta-feira, a medida ainda não deve ser colocada em prática para a rodada deste final de semana.



MaisRecentes

CBF começa treinar instrutores para curso do árbitro de vídeo



Continue Lendo

Se estrear na próxima rodada, árbitro de vídeo não será para todos os jogos da Série A



Continue Lendo

Licenciamento vira argumento de CBF e clubes para minimizar liminar contra exigência de CND



Continue Lendo