Perto de ser extinta, APO doa de TV de LED a carimbo para ministérios



A poucos dias de ser extinta, a Autoridade Pública Olímpica – órgão criado para integrar as ações dos governos federal, estadual e municipal para a Rio-2016 – já exonerou quase todos seus funcionários e agora passa a se desfazer dos bens materiais utilizados desde a sua criação, em 2011.

Bom para o Ministério do Esporte, que tem recebido a maior parte dos produtos. Só nesta semana, as doações para a pasta foram desde TVs de LED de 55 polegadas (seis no total) a um “carimbo numerador sequencial”.

Mas não foi apenas a pasta de Esporte a beneficiária das doações. A Casa Civil também ficou com uma TV de 55 polegadas, dois monitores “touch” e um equipamento de videoconferência.

O prazo para a extinção da APO expira no próximo dia 31. Nos três meses deste ano, o órgão teve um orçamento de R$ 3,7 milhões para encerrar as atividades.



MaisRecentes

CBV visita cidade que pode receber seleções de vôlei nos Jogos de 2020



Continue Lendo

Botafogo deixa a Libertadores com R$ 13,4 milhões pela participação



Continue Lendo

Empresa explica saída do Brasil do Tour da Taça da Copa do Mundo



Continue Lendo