CBF aumenta R$ 17 milhões na cota total da Copa do Brasil



Copa do Brasil (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Copa do Brasil (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

A CBF anunciou às federações que a cota da Copa do Brasil ganhou um incremento de R$ 17 milhões, a serem divididos entre os clubes de forma proporcional aos valores já estabelecidos para cada fase. Com isso, o montante total de cotas para 2017 saltou de R$ 94 milhões para R$ 111 milhões. Segundo carta do presidente Marco Polo Del Nero, o acréscimo foi possível porque menos partidas estão sendo realizadas, já que as duas fases iniciais passaram a ser disputadas em jogo único.

Até as equipes já eliminadas vão “morder” uma fatia dos R$ 17 milhões. Na configuração anterior, o campeão já poderia faturar R$ 11,6 milhões. O aumento específico para cada fase não foi divulgado pela entidade. Vale lembrar que a partir do ano que vem o valor pago atualmente vai parecer irrisório, já que o campeão vai faturar até R$ 68,7 milhões.



  • Gladston Lima

    São Paulo não tem copa do Brasil 😀

    • LUIZÃO

      O São Paulo ficou muitos anos sem disputar a Copa do Brasil, porque todo ano disputava Libertadores. Agora que quem joga a Liberta pode disputar a Copa do Brasil, é questão de tempo.

      • Gladston Lima

        Verdade mais em qual competição os bambis vão priorizar Copa Sul Americana ou Copa Do Brasil 2017 ? 😄

        • Raider Lopes Martins

          Calendário mal planejado e mal feito esse de 2017. Copa do Brasil começa em janeiro e vai até outubro, Libertadores de janeiro a novembro, que bagunça.

        • LUIZÃO

          Os bambis eu não sei. O São Paulo Futebol Clube, provavelmene irá priorizar a Copa do Brasil.

  • Porra..Mais dinheiro para os cofres do maior do mundo e primeiro campeão mundial…Já não sabemos o que fazer com tanto dinheiro…

MaisRecentes

Globo vê obstáculos na ‘pressa’ da CBF para implantar árbitro de vídeo



Continue Lendo

Procurador do STJD não vê brecha para futura reclamação por causa do árbitro de vídeo



Continue Lendo

Eurico exalta árbitro de vídeo no Brasileiro: ‘Antes tarde do que nunca’



Continue Lendo