‘Plano Drogba’ envolvia amistoso na Costa do Marfim, volta da camisa laranja e estreia contra Palmeiras



A diretoria do Corinthians já tinha um plano de marketing montado para colocar em prática caso o atacante marfinense Didier Drogba aceitasse a proposta para atuar pelo clube nesta temporada. O planejamento para a que seria a principal contratação do clube no ano envolveu até a Nike, parceira corintiana no fornecimento de material esportivo e que patrocina o jogador. Segundo informações da coluna, a empresa conversou com representantes de Drogba propondo ações sociais para o instituto que o atleta mantém na África.

Já o departamento de marketing do Corinthians pretendia realizar um amistoso na Costa do Marfim para arrecadar fundos para o projeto de Drogba no continente. Além disso, a camisa laranja, uniforme número 3 que foi utilizado na temporada de 2015, seria retomado pelo clube com uma bandeira do país africano em referência ao atleta já que a cor também é utilizada pela seleção do atacante.

A última iniciativa projetada pela diretoria corintiana era fazer a estreia de Drogba no clássico contra o Palmeiras, na semana passada. A escolha do jogo seria uma referência ao primeiro gol de Ronaldo Fenômeno com a camisa alvinegra, empatando o clássico realizado em Presidente Prudente, em 2009, em sua segunda partida pelo clube.

Apesar do plano, a proposta recusada por Drogba gerou várias críticas à diretoria do Corinthians por conta de uma nota oficial publicada no site em que o clube agradecia o jogador pelas negociações com a frase “Valeu Drogba”, que foi utilizada pelos torcedores rivais em memes e redes sociais.



MaisRecentes

‘Rainbow Six Pro League’, no Rio de Janeiro, neste fim de semana, terá premiação milionária



Continue Lendo

Superintendente garante que não há obstáculos para construir no campo do Everest



Continue Lendo

Detalhe técnico pode impossibilitar obra no campo do clube Everest



Continue Lendo