Audiência de Atletiba na internet supera população de Curitiba



Considerado o primeiro grande jogo transmitido exclusivamente nas redes sociais, o clássico entre Atlético-PR e Coritiba, na noite da última quarta, pelo Campeonato Paranaense, atraiu quase 2,5 milhões de torcedores para as páginas do Facebook dos clubes. O número supera a população de Curitiba, que é de 1,8 milhão, segundo dados do IBGE.

Na página do Atlético-PR, foram 1,7 milhão de visualizadores únicos com pico máximo de 41,9 mil torcedores. Já a rede social do Coritiba atingiu 736 mil de visualizações únicas com pico máximo de 18,3 mil.

Já no Youtube, onde o jogo também foi transmitido, o clássico Atletiba teve pico de 208,5 mil pessoas simultâneas. Segundo os clubes, essa é a maior transmissão da história do esporte no Brasil. Além disso, a partida foi a vice-líder em audiência na quarta-feira de todo o Youtube, ficando atrás apenas de uma transmissão feita pelo youtuber Whindersson Nunes.

O clássico entre Atlético-PR e Coritiba ganhou notoriedade após ambos os times recusarem a disputar a partida que estava marcada para o dia 19 de fevereiro. A iniciativa ocorreu após a Federação Paranaense de Futebol (FPF) impedir que os profissionais dos clubes fizessem a transmissão do jogo de dentro do campo para as redes sociais sob a alegação de não terem feito credenciamento.

Veja abaixo os dados de audiência divulgados pelos clubes.

Números do Youtube:
Atlético:
Pico máximo: 80.931
Minutos assistidos: 7.460.000
Comentários: 33.400
Reproduções: 385.000

Coritiba:
Pico máximo: 48.830
Minutos assistidos: 4.923.000
Comentários: 21.000
Reproduções: 286.000

Números do Facebook:
Atlético:
Pico máximo: 41.909
Minutos assistidos: 3.145.381
Visualizadores únicos: 1.749.675
Alcance: 8.074.835
Interações: 518.277

Coritiba:
Pico máximo: 18.433
Minutos assistidos: 1.297.816
Visualizadores únicos: 736.105
Alcance: 3.153.467
Interações: 208.163



  • Mario Enciclopedia

    DERAM UM EXEMPLO DE CORAGEM E COMPETÊNCIA, TODOS DEVEM FAZER O MESMO, AFINAL SE A GLOBO FICAR APENAS COM FLAMENGO E CORINTIANS, NÃO SOBREVIVERÁ, TEM QUE METER PRESSÃO.

MaisRecentes

Orçamento de 2018 está sob análise dos conselhos do Flamengo



Continue Lendo

Placar das finanças: Corinthians batalha para fechar 2017 perto do ‘0 a 0’



Continue Lendo

Curso de treinador sem chancela de Conmebol e Fifa liga sinal de alerta



Continue Lendo