GL Events quer saber quanto nova concessionária terá que investir no Maracanã



Maracanã (Foto: Staff Images)

Maracanã (Foto: Staff Images)

A GL Events (que disse que iria, mas não desistiu do Maracanã) está tentando fazer com que Odebrecht e governo formalizem o preço que o novo concessionário terá que pagar para gerir o Maracanã pelo tempo restante do contrato (32 anos), incluindo ajustes após a Rio-16 e obrigações com fornecedores.

No início do contrato de concessão, em 2013, o compromisso do consórcio foi desembolsar R$ 600 milhões, mas o plano mudou após o governo do Rio recuar na demolição do Parque Aquático Julio De Lamare e do Museu do Índio. A estimativa é que o valor cairia para R$ 150 milhões, mas, segundo quem participa da negociação pela GL, não há uma formalização.

Essa é uma razão pela qual a GL Events promete ainda não fazer proposta pelo Maracanã.

As partes vão se reunir novamente nesta semana.



MaisRecentes

Arena da Baixada recebe evento com forças da segurança pública do Paraná



Continue Lendo

Justiça determina que eleição no Volta Redonda tenha urna para sócios ‘sub judice’



Continue Lendo

Sucesso na temporada faz Fortaleza crescer nas redes sociais



Continue Lendo