Votação da Lei Geral do Futebol é adiada na Câmara



A Comissão Especial criada na Câmara dos Deputados para debater a criação de uma Lei Geral do Futebol optou por adiar a votação do relatório apresentado no final do ano passado pelo deputado Rogério Marinho (PSDB-RN). Uma nova sessão para analisar o documento foi agendada para o dia 14 de março.

O principal motivo para os parlamentares decidirem pelo adiamento foi ter mais tempo para analisar questões que também estão em discussão no Congresso. Entre elas está a criação de normas para a formação de atletas entre 12 e 14 anos, idades que não são contempladas nas leis trabalhistas e cuja reforma será discutida pelos parlamentares neste ano.

Além disso, os deputados que debatem a Lei Geral do Futebol também pretendem conversar com membros da Comissão de Juristas criada no Senado para elaborar uma Lei Geral do Esporte para tentar evitar pontos de conflito entre os dois documentos.

– Há várias discussões no momento. Tem essa da Câmara, a do Senado, e uma proposta do Ministério do Esporte também. Lá na frente vamos tentar juntar para fazer o melhor possível para todos – afirmou o deputado e dirigente de futebol, Andrés Sanchez (PT-SP), que preside a Comissão Especial da Lei Geral do Futebol.



MaisRecentes

Árbitro da final da Copa do Brasil é cruzeirense. Mas isso não tem a ver com futebol



Continue Lendo

Ana Paula Oliveira vê árbitro de vídeo como ajuda e confia em bom treinamento



Continue Lendo

Nuzman está inclinado a se explicar na Câmara sobre escândalo



Continue Lendo