‘Estou ajudando a não tirá-lo’, diz Andrés sobre impeachment de presidente do Corinthians



Às vésperas da votação do impeachment do presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, que ocorre na próxima segunda-feira, Andrés Sanchez diz que tem trabalhado para manter o mandatário do clube no cargo. Ex-superintendente de futebol da atual gestão, o dirigente deixou a atual diretoria no ano passado e é tido como articulador de uma coalização para colocar representantes de diferentes grupos políticos na administração do clube.

Apesar de negar que esteja participando de alguma articulação nos bastidores do clube, o dirigente diz que tem trabalhado para manter Andrade no cargo.

– Eu estou ajudando a não tirá-lo pois é péssimo para o clube. Errar todos vão errar, mas não teve dolo –  afirmou Andrés.



MaisRecentes

Governo admite que errou em MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Sem resposta de Zé Ricardo, Milton Mendes entra no radar do Botafogo



Continue Lendo

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo