Governo discute concessão do Parque Olímpico



Ainda que seja de forma preliminar, o governo federal começou a debater a formatação de um modelo de concessão da parte do Parque Olímpico que passou a ser gerida pelo Ministério do Esporte. O ministro Leonardo Picciani já se sentou com o secretário-geral Moreira Franco para tratar do tema, já que a coordenação de um futuro processo se dará pelo Programa de Parceria de Investimentos (PPI). Novos encontros estão previstos para a próxima semana, com a presença de membros mais técnicos das pastas.

O início das conversas sobre modelo de concessão coincide com o interesse da Lagardère de ter um encontro com o ministro para iniciar sondagens sobre a possibilidade de gerir o Parque Olímpico. Hoje, é atribuição do Ministério do Esporte cuidar do Velódromo, das Arenas 1 e 2, além do Centro de Tênis. Picciani, no entanto, não agendou ainda o encontro com a empresa, que também tenta ficar com a gestão do Maracanã.

Ainda sobre a parte do Parque Olímpico gerida pelo Ministério do Esporte, a pasta aguarda ações da Prefeitura do Rio junto a empresas responsáveis pelas obras para que sejam completadas obras de acabamento que restaram para o pós-Rio-2016. Incrementos no circuito interno de TV e instalações elétricas são alguns exemplos. Os relatos são de que às vezes luzes em excesso são acendidas porque há uma interligação extensa entre lâmpadas, por exemplo.



MaisRecentes

Dirigente tem a missão de transformar a Inter de Limeira em clube-empresa



Continue Lendo

Torcedor do Fortaleza poderá ajudar a melhorar CT através da conta de energia



Continue Lendo

Abel Braga perde apoio de parte do elenco do Flamengo



Continue Lendo