Governo discute concessão do Parque Olímpico



Ainda que seja de forma preliminar, o governo federal começou a debater a formatação de um modelo de concessão da parte do Parque Olímpico que passou a ser gerida pelo Ministério do Esporte. O ministro Leonardo Picciani já se sentou com o secretário-geral Moreira Franco para tratar do tema, já que a coordenação de um futuro processo se dará pelo Programa de Parceria de Investimentos (PPI). Novos encontros estão previstos para a próxima semana, com a presença de membros mais técnicos das pastas.

O início das conversas sobre modelo de concessão coincide com o interesse da Lagardère de ter um encontro com o ministro para iniciar sondagens sobre a possibilidade de gerir o Parque Olímpico. Hoje, é atribuição do Ministério do Esporte cuidar do Velódromo, das Arenas 1 e 2, além do Centro de Tênis. Picciani, no entanto, não agendou ainda o encontro com a empresa, que também tenta ficar com a gestão do Maracanã.

Ainda sobre a parte do Parque Olímpico gerida pelo Ministério do Esporte, a pasta aguarda ações da Prefeitura do Rio junto a empresas responsáveis pelas obras para que sejam completadas obras de acabamento que restaram para o pós-Rio-2016. Incrementos no circuito interno de TV e instalações elétricas são alguns exemplos. Os relatos são de que às vezes luzes em excesso são acendidas porque há uma interligação extensa entre lâmpadas, por exemplo.



MaisRecentes

Ana Paula Oliveira vê árbitro de vídeo como ajuda e confia em bom treinamento



Continue Lendo

Nuzman está inclinado a se explicar na Câmara sobre escândalo



Continue Lendo

CBV visita cidade que pode receber seleções de vôlei nos Jogos de 2020



Continue Lendo