Para dar licença, CBF exige certificado que três clubes da Série A ainda não têm



O novo Regulamento de Licença de Clubes, publicado nesta quinta-feira pela CBF, traz como uma das exigências para concessão do aval para participação nas competições da entidade um requisito que três dos 20 clubes atualmente na Série A ainda não têm: o certificado de clube formador.

Vasco, Atlético-GO e Chapecoense são os clubes da Primeira Divisão que não estão na lista de formadores certificados pela CBF.

A emissão do certificado de clube formador é prevista na Lei Pelé e serve como atestado da entidade que regula o futebol nacional de que determinada agremiação preenche os requisitos – técnicos e estruturais – para formar jogadores.

A exigência do certificado aparece como um dos critérios desportivos para a concessão da licença por parte da CBF, requisito para participação na Série A de 2018 e também nas competições continentais a partir do mesmo ano. O processo começará pela Primeira Divisão e avançará gradativamente até a Série D, em 2021. Anualmente, a CBF vai divulgar os critérios específicos aplicáveis a cada série do Brasileirão.

As sanções aos clubes que não cumprirem os itens do regulamento são: advertência, multa pecuniária, estabelecimento de uma obrigação de fazer, retenção de cotas e premiações, proibição de registro e transferência de atletas, vedação de registro de novos contratos e, por fim, denegação ou revocação da licença.

ERRATA

Inicialmente, publicamos que o Internacional não tinha o certificado de clube formador. Mas o Colorado obteve o documento no dia 24 de janeiro. O nome do time gaúcho, no entanto, não aparece na lista presente no site da CBF, cuja última atualização foi em dezembro. E isso acabou induzindo o blog ao erro. Pedimos desculpas ao clube e ao leitor.

Vitória e Avaí foram outros dois clubes que tinham sido ignorados pela relação pública da CBF, mas que já tinham resolvido as pendências internamente e receberam o certificado de clube formador.

CRITÉRIOS DESPORTIVOS RELATIVOS ÀS CATEGORIAS DE BASE

1 – Programa de desenvolvimento das categorias de base, com descrição dos objetivos, filosofia, organização, orçamento, capital humano e infraestrutura.

2- Equipes de categoria de base, com a recomendação de ter ao menos duas (sub-20, sub-17 e/ou sub-17), com participação em duas competições oficiais por ano.

3 – Coordenador do programa de desenvolvimento das categorias de base.

4 – Treinadores das categorias de base, com formação e certificação da CBF.

5 – Certificado de clube formador

CLUBES DA SÉRIE A SEM CERTIFICADO DE CLUBE FORMADOR

Atlético-GO
Chapecoense
Vasco

CLUBES DA SÉRIE A COM CERTIFICADO DE CLUBE FORMADOR
Avaí
Atlético-MG
Atlético-PR
Bahia
Botafogo
Corinthians
Coritiba
Cruzeiro
Flamengo
Fluminense
Grêmio
Palmeiras
Ponte Preta
Santos
São Paulo
Sport
Vitória



  • Zicado

    Primeiro a matéria cita vasco, atlético – go, vitória, avai e chapecoense como clubes que não tem o certificado, depois cita que entre os clubes grandes apenas o Internacional não tem. hahahaha resumindo vaslixo!

    • Charles Ubiratan

      VTNC, vc não sabe ler muito menos escrever !

MaisRecentes

Um Tite x Carille ajudará famílias das vítimas do acidente da Chapecoense



Continue Lendo

Na situação, também há simpatia por união geral e candidato único no Flamengo



Continue Lendo

Grêmio tem reunião nesta sexta na Conmebol: arbitragem em pauta



Continue Lendo