Dirigentes deixam de lado ideia de jogo da Seleção na Arena Pantanal



Dirigentes e autoridades do Mato Grosso, que estiveram nesta semana na CBF, deixaram um pouco de lado a ideia de tentar convencer a entidade a levar um jogo da Seleção Brasileira pelas Eliminatórias para a Arena Pantanal. O entendimento é que não adianta solicitar a presença da equipe de Tite se o estádio, usado na Copa-2014, não tem condições estruturais para receber a capacidade completa (cerca de 41 mil torcedores).

A Arena é responsabilidade do governo estadual, que não tem recursos para fazer as intervenções necessárias. Enquanto isso, o jeito é realizar jogos do campeonato local com capacidade reduzida (aproximadamente 10 mil pessoas).



MaisRecentes

Presidente eleito da Federação Mineira vê clubes de BH no mesmo nível de SP e RJ



Continue Lendo

Del Nero promete solução na segunda-feira para transmissão dos jogos da Seleção



Continue Lendo

Presidente da Ferj tira terceira licença em 2017



Continue Lendo