Por atraso de salários, sindicato de atletas quer paralisar o Paulistão



Suspender as competições oficiais no futebol paulista por conta de atrasos no pagamento de salários. É o que pretende o Sindicato dos Atletas de SP (Sapesp) em Ação Civil Pública ajuizada na Justiça do Trabalho de Campinas. A entidade diz ter feito nove denúncias ao Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-SP) ao longo do ano passado e notificado a Federação Paulista (FPF) sem ter obtido resposta.

O Sindicato adota como base para a ação a nova Lei do Profut, que prevê punições aos clubes e obriga as entidades a exigir os pagamentos. A Sapesp cita os casos do Batatais, que chegou às semifinais da Série A2 do Paulista com quatro meses de salários atrasados, e do Santo André, que subiu para a elite do futebol paulista e que também atrasou os pagamentos aos jogadores.

– Há mais de 15 anos estamos nessa batalha – afirmou o presidente do Sindicato, Rinaldo Martorelli, em vídeo divulgado no site da entidade.

Em relação à iniciativa da Sapesp, a FPF diz que “trabalha para que os atletas recebam os salários em dia” e que o vice-presidente de Integração com Atletas, o ex-jogador Mauro Silva, recebeu diversos relatos de atrasos, em 2016, e que “as pendências foram resolvidas”.

O juiz da Justiça do Trabalho de Campinas dará uma posição sobre o caso em audiência agendada para o próximo dia 9 de março.

Veja abaixo o posicionamento da FPF sobre o caso.

Diante da nota do Sapesp, a FPF esclarece que trabalha para que os atletas recebam os salários em dia. A Federação é a única entidade que possui um vice-presidente de Integração com Atletas, o tetracampeão Mauro Silva, de ilibado  currículo e que atua para resolver os problemas com os jogadores do Estado. Diversos casos de atrasos salariais foram relatados a Mauro Silva, que entrou em contato com os clubes, e as pendências foram resolvidas. Não temos o interesse em autopromoção midiática e, sim, em fomentar o futebol, fazer com que os salários sejam pagos em dia e todos os compromissos sejam cumpridos.



MaisRecentes

Governo admite que errou em MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Sem resposta de Zé Ricardo, Milton Mendes entra no radar do Botafogo



Continue Lendo

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo