Cade questiona canais esportivos em processo sobre monopólio da Globo



Os canais esportivos e seus contratos firmados com as operadoras de TV por assinatura entraram na mira do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para contribuírem no processo que apura possível monopólio do Grupo Globo nas transmissões de jogos de futebol no país. O órgão enviou um questionário aos canais SporTV, Premiere, ESPN e Fox Sports solicitando todos os contratos feitos pelas empresas desde 2012 com as distribuidoras Algar/CTBC, Embratel, GVT, Oi, Net e Sky.

Os canais terão até a próxima semana para enviarem os documentos ao Cade. A multa diária para a recusa ou atraso no envio dos contratos é de R$ 5 mil. Caso haja informações incorretas ou falsas nas declarações a punição aos canais pode chegar a R$ 5 milhões. O processo que apura monopólio do Grupo Globo nas transmissões do futebol brasileiro foi iniciado há um ano.



  • Julio Cezar Carvalho

    Já não era sem tempo…

MaisRecentes

CBV visita cidade que pode receber seleções de vôlei nos Jogos de 2020



Continue Lendo

Botafogo deixa a Libertadores com R$ 13,4 milhões pela participação



Continue Lendo

Empresa explica saída do Brasil do Tour da Taça da Copa do Mundo



Continue Lendo