Ferj marca semifinais e final da Taça Guanabara para o Maracanã



Levando em conta decisões judiciais que obrigam a Concessionária Maracanã S/A a reassumir o estádio, mesmo com a contestação de que a Rio-2016 não cumpriu o acordo de devolver as instalações sem pendências, a Ferj resolveu já marcar para o Maracanã os jogos das semifinais e final da Taça Guanabara.

Em ofício assinado pelo presidente Rubens Lopes, a entidade comunica a medida à Concessionária, solicitando ainda um prazo de 72 horas para uma resposta sobre o assunto. Os jogos estão previstos para os dias 25/2, 1/3 e 5/3 (final).

Assim, a Ferj tenta tirar a Concessionária da inércia. Os administradores do estádio tentaram derrubar a decisão judicial que a obriga a reassumir o controle do estádio, mas não tiveram sucesso.

Nesta semana, houve reunião na Ferj sobre o uso do Maraca, mas a situação ficou engessada pelo impasse. Até porque o governo do Rio analisa propostas de dois grupos (encabeçados por Lagardère e GL Events) para repassar a concessão, que hoje majoritariamente é da Odebrecht.

Em meio à queda de braço entre Concessionária e Rio-2016, a Light chegou a cortar a luz do Maraca, já que o pagamento das contas não havia sido realizado. A dívida alcançou R$ 3 milhões, e a Odebrecht se comprometeu em pagar o valor referente a novembro e dezembro.



MaisRecentes

Mau desempenho do time afeta Maurício Galiotte no comando do Palmeiras



Continue Lendo

Possibilidade de apoio de Euriquinho gera desconforto no grupo Sempre Vasco



Continue Lendo

Filho de Cristiano Ronaldo pode atuar em competição de base no Brasil



Continue Lendo