Clubes brasileiros estão entre os que mais trocam técnicos no mundo



Relatório da Uefa apresentado aos clubes na CBF mostra que o continente sul-americano é o que proporciona a menor estabilidade aos técnicos no mundo, com 79,6% das equipes demitindo treinador em 2015. O Brasil, como de se esperar, está nas “cabeças”. A Série B empatou com a Costa Rica, com 100% dos times trocando de treinador. Na Série A-2015 do Brasil, os dados da Uefa mostram que 90% dos clubes trocaram de técnico.

Por outro lado, os dirigentes mais pacientes com treinadores estão, segundo o levantamento, nos Estados Unidos e na Coreia do Sul. As taxas, respectivamente, são de 20% e 17% de trocas nas ligas nacionais.



MaisRecentes

Clube da China deve fazer proposta ao Palmeiras para contratar Deyverson



Continue Lendo

Bittencourt é o primeiro presidente do Fluminense a apresentar dirigentes da base em Xerém



Continue Lendo

Pela primeira vez, desde que assumiu a CBF, Rogério Caboclo participará de um programa ao vivo



Continue Lendo