Clubes brasileiros estão entre os que mais trocam técnicos no mundo



Relatório da Uefa apresentado aos clubes na CBF mostra que o continente sul-americano é o que proporciona a menor estabilidade aos técnicos no mundo, com 79,6% das equipes demitindo treinador em 2015. O Brasil, como de se esperar, está nas “cabeças”. A Série B empatou com a Costa Rica, com 100% dos times trocando de treinador. Na Série A-2015 do Brasil, os dados da Uefa mostram que 90% dos clubes trocaram de técnico.

Por outro lado, os dirigentes mais pacientes com treinadores estão, segundo o levantamento, nos Estados Unidos e na Coreia do Sul. As taxas, respectivamente, são de 20% e 17% de trocas nas ligas nacionais.



MaisRecentes

Evento em Paris vai debater questão do clube-empresa no futebol brasileiro



Continue Lendo

Grupos políticos do Vasco pedem fim de gasto extra em viagens



Continue Lendo

Rubens Lopes, presidente da Ferj, vê problema em fluxo de pagamento de cotas de TV aos clubes



Continue Lendo