Corinthians consegue R$ 2,4 milhões do governo para ir a Tóquio



O Corinthians pretende ir a Tóquio em 2020 mas a iniciativa não tem nada a ver com a intenção do clube de disputar mais um Mundial de Clubes da Fifa. O projeto corintiano é voltado aos esportes aquáticos onde obteve a aprovação de um repasse de R$ 2,4 milhões junto ao Ministério do Esporte dentro da distribuição de quase R$ 85 milhões feita pelo Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) para serem investidos na formação e desenvolvimento de atletas por 31 clubes do país.

O recebimento da verba corresponde ao primeiro repasse obtido pelo Corinthians junto ao governo e será voltado para o projeto “Timão rumo a Tokyo 2020”. A expectativa é que o clube tenha atletas em Jogos Olímpicos pela terceira vez seguida. Na Rio-2016, cinco nadadores eram atletas do Corinthians. Já em Londres-2012, o melhor resultado da delegação brasileira na natação foi conquista por um nadador do clube com a medalha de prata de Thiago Pereira.

–  Até então todos os investimentos na modalidade eram do próprio clube. Mas agora vamos aproveitar os convênios com o governo até por conta da crise do país – afirmou Oldano Carvalho, diretor de esportes aquáticos do Corinthians.



MaisRecentes

Palmeiras pode receber proposta pelo lateral Victor Luis



Continue Lendo

CBF mantém rodada do Brasileirão, mas Anac vê risco de aviões não decolarem



Continue Lendo

Boca Juniors publica nota oficial sobre episódio da ‘mala branca’ para o Palmeiras



Continue Lendo