Secretaria de Segurança Pública irá apurar proibição de mulheres com bolsas em jogo da Copinha



A Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Governo de São Paulo afirmou em nota à coluna que o esquema de segurança adotado no jogo entre Corinthians e Juventus, no último domingo, será apurado pelo órgão.

Na partida, ocorrida na Arena Barueri e válida pelas semifinais da Copa São Paulo de Futebol Júnior, as mulheres foram impedidas de entrar com suas bolsas, sendo obrigadas a deixar os objetos do lado de fora do estádio.

De acordo com a SSP, “a situação descrita não é padrão adotado em jogos de futebol e as circunstâncias serão apuradas”.

Segundo apurou a coluna, a medida de impedir a entrada das bolsas não foi debatida na reunião realizada antes da partida envolvendo representantes da Federação Paulista de Futebol (FPF) e da Polícia Militar para determinar o esquema de segurança que seria adotado no jogo.



MaisRecentes

Dirigentes do Volta Redonda tentam explicar mistério sobre direitos de Marrony



Continue Lendo

FERJ e Corpo de Bombeiros estudam criar padronização na vistoria dos estádios



Continue Lendo

Piloto Átila Abreu, da Shell V-Power, tem novo patrocinador para a ‘Corrida do Milhão’



Continue Lendo