Laudo apontou ‘risco mínimo’ em setor que desabou na Vila Belmiro



No último laudo de engenharia realizado na Vila Belmiro, o grau de risco da área onde desabou parte da estrutura do estádio foi classificado como “mínimo” pelos responsáveis pelo documento. O laudo foi emitido em março do ano passado e foi assinado pelos engenheiros Marcelo Augusto Araújo (parte elétrica) e Alexandre de Almeida Librandi (estrutura).

Segundo o Santos, parte do corredor de acesso a arquibancada do setor 203 se desprendeu danificando três camarotes do setor térreo durante as obras que são realizadas todos os anos visando a temporada.

Na avaliação sobre o setor, os responsáveis apontam que “o local apresenta uma estrutura em bom estado de conservação sem apresentar pontos de infiltrações aparentes, sinais de corrosão de armadura ou fissuras provenientes de movimentações”. O laudo da Vila Belmiro tem validade até março de 2018.



MaisRecentes

Campanha ajuda Fortaleza a trazer de volta atacante Osvaldo



Continue Lendo

Ferj se surpreende com informalidade da prefeitura do Rio de Janeiro



Continue Lendo

Elenco do Palmeiras pede por Deyverson, Felipão dá chance, mas diretoria quer negociá-lo



Continue Lendo