‘O Ronaldo abre portas no mundo dos negócios’, diz sócio do Fenômeno em academias de futebol



Empresário e fundador da maior rede de idiomas do país, Carlos Wizard fala sobre a sociedade com Ronaldo Fenômeno para abrir academias de futebol em todo o mundo e como a imagem do ex-jogador tem ajudado na expansão dos negócios

Por que investir em academias de futebol? Qual foi o investimento realizado para lançar a rede Ronaldo Academy?
Em minha trajetória empresarial desenvolvi duas competências. A primeira foi como fazer um negócio expandir pelo sistema de franquias. E em segundo lugar passei mais de 20 anos trabalhando na formação e treinamento de pessoas. Certamente o esporte complementa ambos meus conhecimentos, sendo uma enorme plataforma para educação e desenvolvimento social. Por essa razão tomamos a decisão de investir R$30 milhões no projeto Ronaldo Academy.

Como nasceu a sociedade com Ronaldo?
A ideia surgiu enquanto estávamos de férias em Orlando, em 2015. Em determinado momento o Ronaldo disse: eu sou o fenômeno do futebol. Você é o fenômeno das franquias. Por que não nos unimos e montamos um negócio fenomenal? Foi assim que resolvemos juntar nossas expertises para criar uma empresa que espalhasse o estilo próprio de jogo do Ronaldo, enquanto formamos jovens a serem melhores cidadãos para o mundo.

Qual a importância do Ronaldo para o negócio?
O Ronaldo é um atleta de renome internacional. Eu tive a oportunidade de passar duas semanas com ele na China e é impressionante a multidão de fãs que ele atrai. Graças ao seu talento dentro do campo e seu carisma como empreendedor, visitamos a Alibaba, maior empresa de comércio online da China, cujo fundador é Jack Ma. Em outras palavras, o Ronaldo abre portas que de outra maneira seria muito mais difícil ter acesso.

Quais os prós e contras de manter uma rede de franquia, como a Ronaldo Academy?
Como exemplo de beneficio eu cito a experiência que tivemos numa escola de futebol já existente no interior de São Paulo. O proprietário já tinha a escola por muitos anos, porém o número de alunos nunca passava de 150. Quando ele assinou o contrato de franquia com a Ronaldo Academy e anunciou a chegada do Ronaldo na cidade, no primeiro mês as matrículas já ultrapassaram a casa de 300 alunos. Sem contar os serviços posteriores que oferecemos aos alunos e que geram novas fontes de receita ao franqueado. Por exemplo, além das aulas e locação de quadras, temos dois programas internacionais, o Phenomenal Soccer Camp (intercâmbio), e também o Study & Play (de alocação de atletas em escolas americanas).

Quais os resultados até o momento?
A Ronaldo Academy tem tido excelentes resultados. Em 2016 atingimos a marca de 74 unidades franqueadas, muitas unidades em funcionamento no Brasil e na China, e outras com abertura prevista para o primeiro semestre desse ano. Ao longo de 2017 está prevista a abertura de escolas nos EUA, México, Colombia e Suíça. Vale lembrar que a empresa tem pouco mais de um ano de operação e somos muito otimistas em relação a seu potencial de crescimento. Além das unidades já planejadas, continuamos explorando e analisando potenciais mercados na Europa, Oriente Médio e América do Sul.

Qual o potencial que tem a rede no médio e longo prazo?
Estamos apenas iniciando. A Ronaldo Academy nasceu para ser uma rede de franquias global, e todos os nossos esforços demonstram que estamos no caminho certo. Os EUA, por exemplo, têm um potencial de mercado enorme, pois além dos garotos as meninas têm grande interesse pelo futebol. Iniciamos nossa presença pela Flórida com 5 unidades, mas já identificamos oportunidades que nos levam a visualizar mais de 100 unidades em território americano. Na China, o futebol ganhou grande apelo popular após a Copa na Ásia, o que fez com que o governo também enxergasse a oportunidade de investir no esporte. Nossa meta era atingir 150 unidades ao fim do terceiro ano. Com os resultados iniciais atingidos, estamos reavaliando essa projeção.

Qual foi o faturamento obtido pela Ronaldo Academy em 2016? Qual a expectativa para este ano?
Por questões contratuais, não divulgamos nosso faturamento. Porém, posso afirmar que a meta de 2016 foi atingida e a meta para este ano é dobrar esta receita.



MaisRecentes

Conmebol anunciará veredito do Flamengo na segunda semana de janeiro



Continue Lendo

Presidência da Primeira Liga fica com o América-MG; vice é do Paraná



Continue Lendo

Botafogo recupera certificado de clube formador da CBF



Continue Lendo