Empresa cobra R$ 4 milhões em indenização da concessionária do Maracanã



Responsável pela venda de alimentos no Complexo do Maracanã, a empresa Food’s Team Restaurante está cobrando na Justiça R$ 4 milhões em indenização da concessionária que administra o estádio e que é liderada pela Odebrecht caso a gestão do Maracanã seja repassada a outra companhia. Na ação, a Food’s Team aponta ter assinado, em 2013, um contrato de cinco anos prorrogáveis por mais cinco para ficar responsável por toda a venda de alimentos e bebidas do Complexo do Maracanã, e que poderia perder o acordo caso a concessionária deixe de administrar o estádio.

O curioso é que a Food’s Team pertence a Emílio Odebrecht de Queiroz, que é neto do fundador da construtora que lidera a concessionária do Maracanã, Norberto Odebrecht.

No documento distribuído na 1ª Vara Cível – Regional Barra da Tijuca, onde a ação foi impetrada, a Food’s Team cita trecho do acordo em que pede notificação com antecedência mínima de 60 dias para a rescisão do contrato e que “a Concessionária deverá pagar uma multa compensatória no valor de R$ 4 milhões pelo investimento em instalações e equipamentos efetuados”.

A detentora dos direitos de venda de alimentos e bebidas no Maracanã cita ainda que tem sofrido prejuízos “por força de furtos estimulados pela falta de segurança do Complexo, bem como pelo perecimento de produtos, em razão do corte de energia promovido pela concessionária de energia, ante falta de pagamento pela Interpelada”.

Contatada, a Concessionária Maracanã S.A confirma a notificação mas diz que não irá se pronunciar a respeito desse caso.

Veja abaixo trechos da notificação feita na Justiça pela Food’s Team contra a concessionária liderada pela Odebrecht.

Pag 1 Pag 3



MaisRecentes

Dirigente do Flu reconhece excesso de jovens no elenco: ‘Ideal é ter mescla’



Continue Lendo

Com Under Armour, Fluminense tem menos uma dor de cabeça



Continue Lendo

Atlético Paranaense abre escola de futebol na África



Continue Lendo