Corinthians fatura mais com atletas e supera Flamengo em receitas em 2016



O desmanche no elenco do Corinthians no ano passado prejudicou o desempenho do time em campo mas tem ajudado o clube nas finanças. Segundo comparação feita pelo banco Itaú BBA com base nos números divulgados até setembro de 2016, o alvinegro paulista somou R$ 353 milhões no período contra R$ 306 milhões do rubro-negro carioca, diferença de 15%.

A diferença deve-se, principalmente, ao valor arrecado pelo Corinthians com a venda de atletas. De acordo com o estudo, o clube obteve R$ 74 milhões com as negociações de seus jogadores contra apenas R$ 11 milhões do Flamengo. Desde o título do Brasileiro, em 2015, o clube paulista negociou seus principais jogadores como Renato Augusto, Jadson, Ralf e Gil.

A instituição financeira também faz uma comparação excluindo o faturamento com a venda de atletas por esta ser “uma receita cuja recorrência é incerta”, pois não dá para prever se um jogador será negociado ou não. Nessa análise, o rubro-negro atinge R$ 295 milhões em receita recorrente contra R$ 279 milhões do Corinthians, diferença de 5,7%. .

Corinthians R$ 353 milhões em receitas, contra R$ 306 milhões do Flamengo (15%). Sem venda de jogadores (receita recorrente), o Flamengo supera em R$ 295 milhões contra R$ 279 milhões (5,7%).

Segundo César Grafietti, superintendente de crédito do Itaú BBA e autor da análise, os clubes tiveram “desempenho muito próximo, mas em 2016 o Corinthians se destacou pela venda de atletas”.



MaisRecentes

Vasco quer aumentar uso do Maracanã para impulsionar projeto de sócio-torcedor



Continue Lendo

Torcedores podem acionar Ministério Público contra Pedro Abad



Continue Lendo

Campanha ajuda Fortaleza a trazer de volta atacante Osvaldo



Continue Lendo