Corinthians fatura mais com atletas e supera Flamengo em receitas em 2016



O desmanche no elenco do Corinthians no ano passado prejudicou o desempenho do time em campo mas tem ajudado o clube nas finanças. Segundo comparação feita pelo banco Itaú BBA com base nos números divulgados até setembro de 2016, o alvinegro paulista somou R$ 353 milhões no período contra R$ 306 milhões do rubro-negro carioca, diferença de 15%.

A diferença deve-se, principalmente, ao valor arrecado pelo Corinthians com a venda de atletas. De acordo com o estudo, o clube obteve R$ 74 milhões com as negociações de seus jogadores contra apenas R$ 11 milhões do Flamengo. Desde o título do Brasileiro, em 2015, o clube paulista negociou seus principais jogadores como Renato Augusto, Jadson, Ralf e Gil.

A instituição financeira também faz uma comparação excluindo o faturamento com a venda de atletas por esta ser “uma receita cuja recorrência é incerta”, pois não dá para prever se um jogador será negociado ou não. Nessa análise, o rubro-negro atinge R$ 295 milhões em receita recorrente contra R$ 279 milhões do Corinthians, diferença de 5,7%. .

Corinthians R$ 353 milhões em receitas, contra R$ 306 milhões do Flamengo (15%). Sem venda de jogadores (receita recorrente), o Flamengo supera em R$ 295 milhões contra R$ 279 milhões (5,7%).

Segundo César Grafietti, superintendente de crédito do Itaú BBA e autor da análise, os clubes tiveram “desempenho muito próximo, mas em 2016 o Corinthians se destacou pela venda de atletas”.



MaisRecentes

Conselheiros do Palmeiras cobram diretor de futebol Alexandre Mattos



Continue Lendo

No Dia do Professor, COB abre inscrições para curso de iniciação esportiva



Continue Lendo

Mau desempenho do time afeta Maurício Galiotte no comando do Palmeiras



Continue Lendo