Vasco volta à elite sem prever valorização de sua marca



O Vasco não pretende aproveitar a maior visibilidade que terá com a volta à elite do futebol brasileiro para aumentar suas receitas na temporada com futebol. Ao menos é o que mostra o orçamento previsto para 2017. Mesmo jogando a Série A do Brasileirão, o documento aprovado na semana passada pelo Conselho Deliberativo do clube prevê um faturamento de R$ 4 milhões em Publicidade e R$ 25 milhões em Patrocínio, mesmas quantias obtidas pelo clube no ano passado, quando disputou a Segunda Divisão do nacional.

Apesar de manter os valores nas áreas de Publicidade e Patrocínio, a projeção de receita do Vasco é de R$ 232 milhões no total para este ano, 11,5% superior à da temporada passada. O aumento deve-se principalmente às altas previstas em Direito com Transmissão de Jogos, que passou de R$ 122 milhões para R$ 138 milhões, e Premiações, que aumentou de R$ 4 milhões para R$ 10 milhões.

Questionado sobre a previsão de receitas para este ano nas áreas de Publicidade e Patrocínio, o  Vasco não respondeu até a publicação do texto.



MaisRecentes

Campanha ajuda Fortaleza a trazer de volta atacante Osvaldo



Continue Lendo

Ferj se surpreende com informalidade da prefeitura do Rio de Janeiro



Continue Lendo

Elenco do Palmeiras pede por Deyverson, Felipão dá chance, mas diretoria quer negociá-lo



Continue Lendo