Paysandu envia ofício à Conmebol para recuperar uma das vagas brasileiras na Sul-Americana



O Paysandu enviou nesta quinta-feira um ofício à Conmebol solicitando que a entidade reconsidere a nova distribuição das vagas brasileiras na Copa Sul-Americana. Com a mudança para 2017, os campeões das Copas Verde e do Nordeste, Paysandu e Santa Cruz, respectivamente, perderam as vagas na disputa continental. A medida contraria o que previa o regulamento específico de ambas as disputas.

– O argumento é que a decisão da Conmebol prejudica o direito adquirido. A decisão confronta com a legislação brasileira. O prejuízo é incalculável – disse o presidente do Papão, Alberto Maia.

Com a nova distribuição de vagas, o Brasileirão passou a ser o único meio de acesso direto à Sul-Americana. Seis times brasileiros se classificaram. As duas últimas vagas, pleiteadas por Santa Cruz e Paysandu, foram para Fluminense e Sport.

O Paysandu chegou a enviar à CBF, antes do recesso de fim de ano, um pedido de compensação financeira, sem estipular valor. Alberto Maia falou diretamente com Marco Polo Del Nero, além de enviar formalmente um documento. A resposta não veio ainda, mas a informação é que o pedido está sob análise.

A CBF chegou a negociar com a Conmebol a manutenção das vagas, mas não obteve sucesso. A “compensação” foi colocar os campeões das Copas Verde e do Nordeste nas oitavas de final da Copa do Brasil, assim como o campeão da Série B e os representantes brasileiros na Libertadores.



MaisRecentes

Grupo francês promete investir R$ 9 milhões na cobertura do Maracanã



Continue Lendo

Ação contra Profut no STF terá relatoria de Alexandre de Moraes



Continue Lendo

CBF aprova novo estatuto, que aumenta poder de voto das federações



Continue Lendo