Globo e Estaduais: Gauchão fechado e impasse no Paraná



Chegou ao fim o impasse entre Globo e a dupla Gre-Nal em relação à negociação dos direitos de transmissão do Gauchão. O acordo foi selado, e a competição vai passar na TV. O entrave surgiu pela tentativa por parte da emissora de redução do valor anteriormente acordado. Ao fim das contas, tanto Grêmio quanto Inter ficaram mesmo com R$ 12 milhões cada um.

Na Federação Gaúcha, a versão é que ambas as partes cederam para que o desfecho fosse positivo. A entidade acaba se dando bem com o acerto, já que tem direito a um percentual de 5% dos contratos. Ou seja, só pelo contrato da dupla Gre-Nal, R$ 1,2 milhão vai para a entidade. A justificativa é que a Federação assume os custos da competição em nome dos pequenos, como as taxas de arbitragem.

Enquanto isso, no Paraná, nada de acordo fechado. A contestação dos clubes grandes do estado é que a TV não pode pagar menos do que paga pelo Catarinense, por exemplo. A negociação está em curso, mesmo durante o recesso da Federação Paranaense, segundo o presidente Hélio Cury. “A diferença é mínima. Creio que vão achar um denominador comum”.



MaisRecentes

Flamengo x Botafogo: discussão até sobre ponto de venda de ingressos



Continue Lendo

Reunião de técnicos tem baixa adesão dos times grandes, mas ganha ‘medalhões’



Continue Lendo

Botafogo não será denunciado no STJD por caso de injúria racial de torcedor



Continue Lendo