Globo e Estaduais: Gauchão fechado e impasse no Paraná



Chegou ao fim o impasse entre Globo e a dupla Gre-Nal em relação à negociação dos direitos de transmissão do Gauchão. O acordo foi selado, e a competição vai passar na TV. O entrave surgiu pela tentativa por parte da emissora de redução do valor anteriormente acordado. Ao fim das contas, tanto Grêmio quanto Inter ficaram mesmo com R$ 12 milhões cada um.

Na Federação Gaúcha, a versão é que ambas as partes cederam para que o desfecho fosse positivo. A entidade acaba se dando bem com o acerto, já que tem direito a um percentual de 5% dos contratos. Ou seja, só pelo contrato da dupla Gre-Nal, R$ 1,2 milhão vai para a entidade. A justificativa é que a Federação assume os custos da competição em nome dos pequenos, como as taxas de arbitragem.

Enquanto isso, no Paraná, nada de acordo fechado. A contestação dos clubes grandes do estado é que a TV não pode pagar menos do que paga pelo Catarinense, por exemplo. A negociação está em curso, mesmo durante o recesso da Federação Paranaense, segundo o presidente Hélio Cury. “A diferença é mínima. Creio que vão achar um denominador comum”.



MaisRecentes

Vitória de Mufarrej no Botafogo não significará troca de funcionários



Continue Lendo

Presidente do COB diz que entidade já mudou e pede: ‘Vejam com outros olhos’



Continue Lendo

Corinthians espera premiação do Brasileiro em dezembro



Continue Lendo