Fluminense buscou tranquilidade sobre Maracanã com vice-governador



Entre os vários agradecimentos que fez no discurso de despedida da presidência do Fluminense, entre eles à CBF e até à Ferj, o agora ex-presidente Peter Siemsen reservou um tempinho para falar do vice-governador Francisco Dornelles, tendo o Maracanã como contexto.

– Foi excepcional. Foi a jogos do meu lado, tirou um peso que eu tinha (sobre Maracanã) e abriu as portas da Caixa pra a gente.

A intenção de Siemsen foi ressaltar que o clube tinha temor em relação ao que seria feito com a administração do estádio, temendo uma nova licitação com termos desconhecidos.



MaisRecentes

Flamengo x Botafogo: discussão até sobre ponto de venda de ingressos



Continue Lendo

Reunião de técnicos tem baixa adesão dos times grandes, mas ganha ‘medalhões’



Continue Lendo

Botafogo não será denunciado no STJD por caso de injúria racial de torcedor



Continue Lendo