Por suspeita de fraude, Prefeitura de SP anula licitação para hospedagem na Copinha



A Prefeitura de São Paulo anulou por definitivo a licitação para definir os hotéis da capital paulista para hospedar jogadores que disputarão a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2017. O cancelamento foi divulgado no Diário Oficial do Município desta segunda-feira, 19.

O processo deveria ser realizado para a escolha de estabelecimentos para um total de 2.886 diárias durante o mês de janeiro com licitação dividida em dois lotes. Segundo a administração municipal, não haverá tempo hábil para a realização de um novo processo licitatório.

O pregão eletrônico foi encerrado na última quarta com a aprovação dos hotéis Excelsior e San Raphael, ambos no centro da capital paulista, com propostas de R$ R$ 472 mil e R$ 532 mil para um total 1300 e 1586 diárias, respectivamente. No ano passado, os valores da mesma licitação vencida pelos mesmos hotéis foram de apenas R$ 69 mil e R$ 80 mil.

O documento aponta que revoga a licitação “em razão de suspeita de fraude à licitação por parte das empresas participantes, a qual será devidamente apurada, impossibilitando a contratação dos serviços em tempo hábil à realização da Copa São Paulo de Futebol Júnior –



MaisRecentes

Vasco quer aumentar uso do Maracanã para impulsionar projeto de sócio-torcedor



Continue Lendo

Torcedores podem acionar Ministério Público contra Pedro Abad



Continue Lendo

Campanha ajuda Fortaleza a trazer de volta atacante Osvaldo



Continue Lendo