Conmebol decide o que fazer com vagas do México na Libertadores, e Brasil não ganha mais



A reunião que inicialmente seria apenas para confirmar a Chapecoense como campeã da Sul-Americana “pegou um embalo” e os dirigentes da Conmebol resolveram o que fazer com as vagas dos mexicanos na Libertadores.

O Brasil não vai herdar mais vagas, além das já concedidas na ampliação da competição.

As informações ainda são preliminares, mas será feito um torneio com representantes dos países que não tinham sido contemplados com cadeiras adicionais para o ano que vem (Além do Brasil, Argentina, Chile e Colômbia). Ou seja, vão jogar essa espécie de seletiva times de Uruguai, Bolívia, Venezuela, Paraguai, Chile e Equador.

Os mexicanos saíram da Libertadores por causa da falta de compatibilidade com o novo calendário, que vai de fevereiro a novembro.



MaisRecentes

Diretor da Chape compara permanência na Série A a título da Champions League



Continue Lendo

Botafogo sai da lista de clubes formadores da CBF. Coritiba retorna



Continue Lendo

Entidades buscam nome para preencher vaga no Tribunal Antidopagem



Continue Lendo