Gilvan confessa em arbitral: Do jeito que está, não haverá Primeira Liga em 2017



O presidente do Cruzeiro, Gilvan Tavares, que também preside a Primeira Liga, fez uma confissão durante o arbitral do Campeonato Mineiro, nesta sexta-feira. Segundo o dirigente, conforme apurou a De Prima, do jeito que estão as coisas, não haverá Primeira Liga em 2017.

Gilvan enumerou dois pontos para justificar a previsão negativa: a falta de espaço no calendário e a falta de concordância interna a respeito da divisão das cotas de TV entre os participantes.

O presidente do Cruzeiro abordou o tema após o assunto surgir durante a reunião dos dirigentes sobre as diretrizes para o Estadual de 2017. Haverá uma reunião na semana que vem em Belo Horizonte na qual os rumos da Primeira Liga serão debatidos.

Os membros estavam aguardando o desfecho do Brasileirão para começar a definir o calendário. Mas o prognóstico, principalmente para o Atlético-MG, é mais complicado, por causa da chance de disputa da fase preliminar da Libertadores. Tanto Galo quanto Flamengo também irão aos Estados Unidos por causa da Florida Cup.



  • celia kruger

    O Gilvan é burro. Há 8 datas no segundo semestre para a Primeira Liga –
    30 de agosto – 3 de setembro – 6 de setembro – 10 de setembro – 4 de outubro
    11 de outubro – 6 de dezembro – 10 de dezembro. Fase classificatória em 5 datas, quartas de finais – semi finais e final em 1 data cada.

  • gilson junior

    Infelizmente, os grandes clubes não conseguem sair do atraso. Mexeram no calendário com competições importantes e relevantes e NÃO MEXEM NOS ESTADUAIS nem por um decreto. Não pleiteiam uma competição mais forte que seria a Primeira Liga. Preferem os estaduais falidos. Fazer o que?

    • Carlos

      O campeonato Paulista não está falido, e digo mais antes do reajuste da Conmebol estava pagando mais que a Libertadores, a Primeira Liga seria interessante, mas pouco e precisa dos times de SP para ter força.

  • Carlos

    Sul, Minas e Rio tem muita força é verdade, mas percebesse que o que está causando uma certa Instabilidade é a ausência dos times Paulistas. e ao contrário do que muitas pessoas dizem, não concordo que o estadual de SP esteja falido, vejo como bem organizado e pagando bem dentro de suas limitações, inclusive mais do que a Liga. o que não é o caso dos demais estaduais até mesmo por conta de suas desorganizações. seria legal essa liga, mas o que se vê não o que dizem por ai que “todo campeonato que tem o Flamengo é sucesso”. sem demais cada um com sua opinião.

  • gilson junior

    Isso era facil de resolver. Porque os Estaduais (falidos e deficitários) tem que ter 18 datas? Bastava tirar sete dessas datas e destina-las as ligas regionais. O engraçado é que com essa nova diretriz do calendário se mexeu em tudo, menos nos estaduais. Os arautos do atraso seguem atrapalhado o futebol brasileiro.

MaisRecentes

Clubes citam preocupação com uso de vídeo sem testes na Libertadores



Continue Lendo

Apfut ajusta regra que trata de antecipação de receitas



Continue Lendo

CBF quer iniciar em agosto concorrência pelos direitos de TV da Seleção



Continue Lendo