Gilvan confessa em arbitral: Do jeito que está, não haverá Primeira Liga em 2017



O presidente do Cruzeiro, Gilvan Tavares, que também preside a Primeira Liga, fez uma confissão durante o arbitral do Campeonato Mineiro, nesta sexta-feira. Segundo o dirigente, conforme apurou a De Prima, do jeito que estão as coisas, não haverá Primeira Liga em 2017.

Gilvan enumerou dois pontos para justificar a previsão negativa: a falta de espaço no calendário e a falta de concordância interna a respeito da divisão das cotas de TV entre os participantes.

O presidente do Cruzeiro abordou o tema após o assunto surgir durante a reunião dos dirigentes sobre as diretrizes para o Estadual de 2017. Haverá uma reunião na semana que vem em Belo Horizonte na qual os rumos da Primeira Liga serão debatidos.

Os membros estavam aguardando o desfecho do Brasileirão para começar a definir o calendário. Mas o prognóstico, principalmente para o Atlético-MG, é mais complicado, por causa da chance de disputa da fase preliminar da Libertadores. Tanto Galo quanto Flamengo também irão aos Estados Unidos por causa da Florida Cup.



  • celia kruger

    O Gilvan é burro. Há 8 datas no segundo semestre para a Primeira Liga –
    30 de agosto – 3 de setembro – 6 de setembro – 10 de setembro – 4 de outubro
    11 de outubro – 6 de dezembro – 10 de dezembro. Fase classificatória em 5 datas, quartas de finais – semi finais e final em 1 data cada.

  • gilson junior

    Infelizmente, os grandes clubes não conseguem sair do atraso. Mexeram no calendário com competições importantes e relevantes e NÃO MEXEM NOS ESTADUAIS nem por um decreto. Não pleiteiam uma competição mais forte que seria a Primeira Liga. Preferem os estaduais falidos. Fazer o que?

    • Carlos

      O campeonato Paulista não está falido, e digo mais antes do reajuste da Conmebol estava pagando mais que a Libertadores, a Primeira Liga seria interessante, mas pouco e precisa dos times de SP para ter força.

  • Carlos

    Sul, Minas e Rio tem muita força é verdade, mas percebesse que o que está causando uma certa Instabilidade é a ausência dos times Paulistas. e ao contrário do que muitas pessoas dizem, não concordo que o estadual de SP esteja falido, vejo como bem organizado e pagando bem dentro de suas limitações, inclusive mais do que a Liga. o que não é o caso dos demais estaduais até mesmo por conta de suas desorganizações. seria legal essa liga, mas o que se vê não o que dizem por ai que “todo campeonato que tem o Flamengo é sucesso”. sem demais cada um com sua opinião.

  • gilson junior

    Isso era facil de resolver. Porque os Estaduais (falidos e deficitários) tem que ter 18 datas? Bastava tirar sete dessas datas e destina-las as ligas regionais. O engraçado é que com essa nova diretriz do calendário se mexeu em tudo, menos nos estaduais. Os arautos do atraso seguem atrapalhado o futebol brasileiro.

MaisRecentes

Candidato da oposição no São Paulo quer Abílio para negociar dívida com bancos



Continue Lendo

Governo oficializa nomes para compor a Apfut



Continue Lendo

Internacionalização: CBF tem emissoras de TV estrangeiras como alvo



Continue Lendo