Flamengo não foi procurado por franceses desde notícia de negociação por Maracanã



O Flamengo não foi procurado pela Lagardère desde que veio à tona a informação – da ESPN e Globoesporte.com – de uma proximidade de acerto com o governo do Rio e a Odebrecht para que a concessão do Maracanã passe diretamente, sem licitação, à empresa francesa, que tem parceria com a BWA. Representantes da companhia chegaram a se reunir com o Fla algum tempo antes, mas não houve qualquer acerto sobre parceria para uma eventual gestão do estádio.

O Rubro-Negro – parceiro da CSM, outra a mostrar interesse pelo Maracanã – bate o pé dizendo que não pretende fechar contrato com empresa que assuma o estádio sem que haja um compartilhamento de gestão e um acordo vantajoso.

Falando em estádio, o Flamengo ainda não se mostra tão apressado para definir uma alternativa ao Maracanã visando à disputa da Libertadores porque confia – além de aguardar o desfecho entre empresas e governo – na classificação para a fase de grupos e isso garantiria à diretoria pelo menos mais um mês para bater o martelo, já que a fase preliminar começa em 1 de fevereiro e a de grupos em 8 de março.



MaisRecentes

Campanha ajuda Fortaleza a trazer de volta atacante Osvaldo



Continue Lendo

Ferj se surpreende com informalidade da prefeitura do Rio de Janeiro



Continue Lendo

Elenco do Palmeiras pede por Deyverson, Felipão dá chance, mas diretoria quer negociá-lo



Continue Lendo