Voto secreto ganha força em novo estatuto do São Paulo



Tema mais polêmico da reforma estatutária do São Paulo, o voto secreto nas eleições do clube tem ganho força nos bastidores para a votação do texto final do estatuto pelo Conselho, na próxima quarta. O documento atual prega o voto nominal, mas quem defende a mudança argumenta ter maior liberdade no voto sem a indicação de nome e matrícula de sócio. Apesar de ter virado bandeira política de opositores, membros da base também pretendem votar pelo voto secreto.

Contas informais indicam que cerca de 80 conselheiros defendem o voto secreto no estatuto do São Paulo, número que é praticamente a metade do quórum das reuniões do Conselho Deliberativo. Na reunião que votou a expulsão do ex-presidente Carlos Miguel Aidar, por exemplo, 177 conselheiros estiveram presentes.

Por conta da polêmica em relação ao tema, o presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, convocou representantes de oito partidos político para uma reunião sobre o estatuto, ontem, no Morumbi. Estiveram presentes os grupos Vanguarda, Legião, Participação, Nova Força, Pró-SP, União dos Independentes, Legenda, e Sempre Tricolor. Apesar de Leco ter defendido a aprovação do documento com a votação nominal na reunião, membro de um dos grupos revelou à coluna que defenderá o voto secreto.

O processo para atualizar o novo estatuto do São Paulo teve início em agosto e está em sua fase final, faltando apenas duas etapas para entrar em vigor: a votação no Conselho Deliberativo, na próxima quarta, dia 16, e a aprovação do texto em Assembleia Geral, no próximo dia 3. Entre os destaques do projeto estão a criação de um conselho de administração, a remuneração para a diretoria executiva/presidente, a permissão para criar o 3º uniforme e a maior transparência em demonstrações financeiras.



MaisRecentes

Presidente da Federação Paulista lamenta calendário apertado em 2018



Continue Lendo

Brasileiro de Aspirantes terá ajuda de custo e passagens bancadas pela CBF



Continue Lendo

Galiotte e Modesto em clima de paz: ‘É um dos mais éticos’, elogia o santista



Continue Lendo