Problema entre Fluminense e Dryworld afeta expansão da rede de lojas do clube



Os problemas enfrentados pelo Fluminense com a fabricante canadense de material esportivo Dryworld vão além dos atrasos no pagamento das parcelas do contrato. A indefinição em relação ao acordo entre clube e empresa tem prejudicado também a expansão das lojas Fluminense F.C.. Apesar do interesse, investidores dispostos a pagar R$ 150 mil pela franquia da rede têm evitado negociar a unidade no momento pelas dúvidas em relação ao recebimento dos materiais esportivos.

Uma única unidade da rede de lojas do Fluminense será inaugurada neste fim de ano. Ainda neste mês, um quiosque com produtos do time será aberto no Shopping Nova Iguaçu (RJ). Esse é o terceiro estabelecimento da rede, que tem lojas nas Laranjeiras e em Brasília, todas administradas pela Meltex Franchising.



  • Gilson j.c

    porquê o clube não rescinde o contrato e negocia com uma outra fornecedora, pois o material desta é horrível sem contar com o designer. Aproveita a brecha no atraso e rescinde logo, saudades do tempo da lecocsportif e também da ribock.

MaisRecentes

‘Serão 6,5 mil testes este ano’, diz presidente da comissão antidoping da CBF



Continue Lendo

Tícket médio dos jogos do Brasileirão-2016 teve queda de 10%, aponta estudo



Continue Lendo

ABCD crê em recredenciamento junto à Wada até abril



Continue Lendo